ZOLETIL 100 – 5 ML

R$ 405,00

Zoletil® 100

Categoria:

Para a contenção de animais agitados e como medicação pré-anestésica, assim como procedimentos que requerem leve a moderada
analgesia.

Cartucho acompanhado por uma bula, contendo 1 frasco-ampola com liofilizado e 1 frasco-ampola com 5 mL de diluente.

Propriedades

O Zoletil®100 associa um novo composto da família das fenciclidinas – a tiletamina – a um composto da família das benzodiazepinas –
o zolazepam – na proporção de 1:1, permitindo uma anestesia geral eficaz, segura e com um mínimo de efeitos secundários. Esses
dois compostos conjugados possuem as seguintes ações:

Cataléptica: Rápida e sem agitação, seguida de um relaxamento.
Analgésica: superficial, visceral.
A indução deve ser feita por via intramuscular, sendo que a perda do reflexo de levantar ocorre em 3 a 6 minutos.

Durante as anestesias cirúrgicas os reflexos laríngeos, faríngeos e das pálpebras são conservados, com ausência de depressão bulbar
e com possibilidade de sialorréia. A duração da anestesia cirúrgica é de 20 a 60 minutos segundo a dose.

Despertar: O efeito analgésico dura mais tempo que o anestésico. A volta a normalidade é progressiva, rápida (2 a 6 horas em média)
e calma (na ausência de ruídos e claridade excessivos), com reaparecimento rápido da coordenação motora. O despertar pode ser
retardado em animais obesos ou idosos devido à superdosagem.

Efeitos Colaterais

Taquicardia transitóriaI.
Elevação transitória da pressão arterial.
Administração EV: curta apnéia reversível.
Administração IM: polipnéia transitória durante a indução.
Diminuição da temperatura corporal de 1 a 2°C. Levar esta informação em consideração, se o animal a ser operado se encontra em
estado de choque ou se o ambiente para sua recuperação pós-cirúrgica for frio.
Aumento das secreções (salivação em particular) em 5,2% dos casos e vocalização em 4,5%. Na maior parte das vezes, este efeito
está associado à administração insuficiente de anestésico.

Contraindicações

Animais submetidos à tratamentos com organofosforados sistêmicos;
Animais com grandes descompensações cardíacas e respiratórias;
Animais com hipertensão grave.

Precauções

Aconselhamos uma prévia dieta líquida, de doze horas no mínimo.

As doses adicionais do produto, a fim de se prolongar uma intervenção, devem ser dadas levando-se em conta o fato que a cinética de
eliminação dos dois componentes são ligeiramente diferentes, e que há risco de se favorecer um efeito da tiletamina, com despertar
mais agitado por parte do animal.

Fórmula (cada frasco ampola contém):

Tiletamina (cloridrato)……………250 mg
Zolazepam (cloridrato)…………….250 mg
Excipiente…….q.s.p………………….920 mg
Água para injetáveis………………..5 mL

Posologia:

Cães: 0,1-0,15 mL/Kg/IM ou 0,05-0,1 mL/Kg/EV.
Gatos: 0,1-0,15 mL/Kg/IM ou 0,05-0,075 mL/Kg/EV.

Peso 0.05 kg
Dimensões 0.065 × 0.035 × 0.072 cm